Faço o eBook ou o livro impresso da minha publicação independente?




Uma dúvida que sempre escuto é: vou fazer uma publicação independente do meu livro, faço apenas o eBook ou apenas o livro impresso?


A minha orientação é que você faça os dois. Por que? Estamos em um país em que aproximadamente 15% das vendas de um livro é na sua versão digital, 83% das vendas são do livro impresso e 2% audiobook. Então, tanto o impresso como o eBook são importantes. O que você pode fazer é primeiro começar a trabalhar pelo eBook, isso porque o dinheiro que vai investir é menor comparado com o livro físico. Os gastos em comum para as duas versões são com as revisões de português e a produção da arte de capa. E no eBook não há o custo de impressão (papel + gráfica), que representa em torno de ⅓ a metade do custo total de um livro impresso.


Ainda, para o eBook, pode ser necessário contratar um serviço de conversão de arquivos, para você ter o miolo de seu livro nos formatos exigidos pelas plataformas. Mas esse serviço é acessível - custa entre 200 a 500 reais para um livro que tenha entre 150 a 300 páginas.


Em contrapartida, quando você fizer o livro impresso, além da capa e revisões, será necessário fazer a diagramação, o projeto gráfico de miolo e a impressão - o papel e a gráfica. Por isso o custo do livro impresso é mais alto. No caso da diagramação, você paga por página. Já a impressão, você consegue o orçamento com as gráficas de acordo com as especificações de cores (se impressão em 1 cor, 2 cores ou 4 cores - quanto maior o número de cores, mais caro fica); número final de páginas do miolo; formato do livro; quantidade de exemplares; papel (tipo e gramatura) de miolo e capa; e aplicação ou não de verniz na capa. Lembrando que quanto maior a quantidade de cópias, mais barata fica a impressão.


Como vimos, é imprescindível você lançar os dois formatos (e também até o audiobook, já que apresenta bom potencial de crescimento nos próximos anos) porque eles têm uma representatividade de mercado bastante importante. Além disso, sugiro que você contrate a assessoria de um bookadvisor, um especialista preparado para cuidar de cada uma dessas etapas do processo de publicação independente do seu livro.



Sobre Eduardo Villela

Eduardo Villela é Book Advisor e assessora pessoas, famílias e empresas na escrita e publicação de seus livros. Trabalha com escrita e publicação de livros desde 2004. Já lançou mais de 600 livros de variados temas, entre eles comportamento e psicologia, gestão, negócios, universitários, técnicos, ciências humanas, interesse geral, biografias e ficção infantojuvenil e adulta.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Instagram
  • Facebook Basic Square
  • YouTube ícone social
  • LinkedIn ícone social