Please reload

Posts Recentes

Audiolivros podem ajudar a sua saúde mental durante o isolamento

May 22, 2020

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Entenda o sucesso dos livros de influenciadores digitais

January 10, 2020

 

 

Na lista de livros mais vendidos , cada vez mais os influenciadores digitais marcam presença. O livro é a melhor maneira de fortalecer um trabalho e uma carreira. O poder de influência digital de uma pessoa se torna mais forte quando ela publica seu livro, pois essa obra poderá alcançar um número um amplo de pessoas que ainda não conhecem o digital influencer. 

 

De acordo com a Publish News, o atual número um na lista de mais vendidos entre os livros de não ficção é o ‘Do Mil ao Milhão’. O best-seller foi escrito por Thiago Nigro, mais conhecido como Primo Rico, canal no YouTube com 2.95 milhões de inscritos.

 

Segundo Eduardo Villela, Book Advisor que assessora autores na  escrita e publicação de livros, “É fundamental conhecer o seu público-alvo de leitores e manter uma identidade entre os conteúdos veiculados online, no Youtube por exemplo, e os livros publicados. Os conteúdos podem ser inclusive complementares: enquanto em vídeos e posts no Instagram o conteúdo deve ser apresentado de forma mais breve e sucinta, em um livro o mesmo assunto pode ser aprofundado e detalhado.”. 

 

Em 2016, o best-seller do segmento era da Kéfera Buchmann, seu primeiro livro, "Muito Mais que 5inco Minutos" vendeu 101,5 mil exemplares. Em 2015, já havia alcançado a marca de 197 mil, com um público de 10.9 mi de inscritos no Youtube, onde Keféra ganhou audiência abordando temas variados.

 

Outro ótimo exemplo é a Jornalista Nathalia Arcuri, uma das maiores criadoras de conteúdo da atualidade, que fala sobre educação financeira. Seu livro ‘Me Poupe!’ (do mesmo nome do canal) foi lançado em 2018 e alcançou a marca de 200 mil exemplares em menos de um ano. No YouTube, Nathalia é dona do maior canal do segmento de finanças com 4.28 milhões de inscritos. 

 

“Diante dos altos e baixos do mercado editorial, e a crescente ascensão dos influenciadores digitais, a junção da força das mídias sociais com os livros impressos é fundamental para que um número maior de pessoas tenham acesso ao conhecimento. Os temas em alta abordados pelos digital influencers são relacionados a autoajuda, educação, carreira, humor, comportamento e dicas de estilo e beleza. Diferentes  tipos de narrativas, incluindo ficção, podem engajar os leitores e incentivar o hábito de leitura”, enfatiza Villela.

 

Fica cada vez mais claro que o mundo digital e o impresso conseguem viver em harmonia. Com o objetivo de alcançar todos os públicos e ainda transmitir conteúdo de qualidade a um baixo custo,  é possível não deixar morrer o mercado editorial. 



 

Sobre Eduardo Villela

 

Graduou-se em Relações Internacionais e cursou mestrado em administração, ambos na PUC-SP. Trabalha com escrita e publicação de livros desde 2004, já lançou quase 600 livros de variados temas, entre eles gestão, negócios, psicologia, universitários, técnicos, ciências humanas, interesse geral, biografias e ficção infanto-juvenil e adulta. Trabalhou como editor de aquisições de livros universitários e de negócios na Editora Saraiva, editor de livros de negócios na editora Campus-Elsevier, gerente editorial de todas as linhas de publicações na Editora Gente e copublisher e diretor comercial da Editora Évora. Mais informações em www.eduvillela.com

 

 

Please reload

Siga
Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square