Please reload

Posts Recentes

Planejamento gráfico de livro pode ampliar interesse de leitor sobre uma obra

November 22, 2019

1/9
Please reload

Posts Em Destaque

Clubes de assinatura de livros crescem no Brasil

September 6, 2019

 

Por conta da crise no mercado de livros atualmente e a praticidade de economia de tempo que oferecem aos seus assinantes, os clubes de assinatura de livros crescem cada vez mais no Brasil e avançam para uma maior diversidade de categorias de livros, além disso, os kits recebidos pelos leitores todos os meses em suas casas estão cada vez mais criativos e encantadores.  Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCom), houve um aumento de 167% nos negócios envolvendo os clubes de assinaturas nos últimos quatro anos. De acordo com o Eduardo Villela, book advisor que, por meio de assessoria especializada, ajuda pessoas, famílias e empresas na escrita e publicação de seus livros, a tendência é que os números de exemplares vendidos e o faturamento deste novo canal de vendas de livros se multipliquem nos próximos anos. 


“Os clubes de assinatura de livros estimulam a leitura e valorizam a importância do livro no Brasil enquanto um produto que agrega inúmeros benefícios a leitores de diferentes idades (melhora de raciocínio, da criatividade, do repertório cultural, da capacidade de aprendizagem e do espírito crítico, além de ser uma excelente forma de lazer). A pesquisa ‘Produção e vendas do setor editorial brasileiro’ mostrou que em 2018 foram vendidos aproximadamente dois milhões e duzentos mil exemplares por meio de clubes de assinatura”, revela Villela.


Ainda segundo ele, o sucesso dos clubes de assinatura de livros se deve ao momento em que vivemos. “O tempo é o nosso bem mais escasso e valioso e quem mora em capitais ou grandes cidades brasileiras valoriza muito diferentes tipos de serviços e iniciativas que economizem nosso tempo e facilitem nossas visas. Preferimos receber um livro em casa, que venha com todo carinho, em uma caixa bonita, selecionado, pensado de acordo com nossos interesses literários e escolhido a partir de uma curadoria especializada de alto nível, do que ficar um tempão procurando opções na internet ou mesmo passar pelo estresse de ir a uma livraria megastore em um shopping, pegar trânsito e ainda por cima não encontrar o livro que buscamos ou ficarmos perdidos em meio a muitas opções de títulos disponíveis”, acrescenta.


Para Villela o kit que acompanha um ou mais livros cria uma experiência à parte para o leitor. “As pessoas leem desde que os livros escolhidos sejam do interesse delas. Os kits chegam a casa dos leitores em uma caixa bonita e de qualidade, que poderá inclusive depois ser reaproveitada para guardar outros objetos. Dentro da caixa, além dos livros em si, o leitor encontra uma revista contendo entrevistas especiais com os autores, curadores e outras informações inusitadas sobre os livros do mês corrente, pôsteres para colecionarem, marcadores de páginas e outros mimos que enchem os olhos. Abrir uma caixa de um clube de assinatura de livros é uma experiência muito gostosa! E tudo isso fica ainda mais especial quando você sabe que os livros do mês que você acaba de receber em sua casa foram selecionados por curadores que são escritores famosos ou grupo de especialistas em literatura e cultura”, complementa o BookAdvisor.


Já existem, inclusive, iniciativas de clubes de assinatura que estão lançando edições impressas de e-books de autores independentes que fazem sucesso em plataformas de livros digitais, assim como novas publicações de livros clássicos há muito esgotados e também traduções inéditas de obras muito desejadas pelos leitores aqui no Brasil. Eduardo explica que, com o número crescente de assinaturas, os clubes conseguem lançar suas próprias publicações, pois conseguem viabilizar uma quantidade de número de exemplares de um título similar ou até maior do que a 1ª tiragem média produzida por médias e grandes editoras. “Eles funcionam como uma opção de venda que está surgindo e ainda vai crescer muito no Brasil e no mundo, em questão de poucos anos, vão ter uma fatia considerável do mercado editorial, ainda vão crescer muito”, conclui o book advisor.

 

Sobre Eduardo Villela
Graduou-se em Relações Internacionais e cursou mestrado em administração, ambos na PUC-SP. Trabalha com escrita e publicação de livros desde 2004, já lançou mais de 500 livros de variados temas, entre eles gestão, negócios, universitários, técnicos, ciências humanas, interesse geral, biografias e ficção infanto-juvenil e adulta.
Trabalhou como editor de aquisições de livros universitários e de negócios na Editora Saraiva, editor de livros de negócios na editora Campus-Elsevier, gerente editorial de todas as linhas de publicações na Editora Gente e copublisher e diretor comercial da Editora Évora.
 

Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo